top of page

Iguais, mas diferentes, as redes sociais. Parte II, TikTok




Olá, leitores!


Antes de mais nada, o texto deste mês é uma continuação direta do texto do mês passado, em que abordamos o Instagram. Se você não leu ainda, recomendo fortemente que clique aqui para conferir, assim você não perde nada!


Como prometido, nesta edição abordaremos um pouquinho mais sobre o TikTok. A plataforma chinesa surgiu em 2017, mas alcançou o mundo no ano de 2018 e é uma das maiores provas de crescimento exponencial das redes digitais. O TikTok passou de 500 milhões de usuários ativos em junho de 2018 para 1 bilhão em fevereiro de 2019 (para comparação, o Instagram demorou mais de 10 anos para atingir essa marca).


Apesar de ser uma das plataformas mais consumidas hoje, com mais de 4 bilhões de downloads e mais de 1 bilhão de usuários ativos mensalmente, sua trajetória foi constantemente marcada por tentativas de bloqueio e banimento em países ocidentais. Como sua proprietária é uma empresa chinesa, havia o medo de que os dados fornecidos pelos usuários fossem parar nas mãos do governo chinês. Mais uma vez o efeito Streisand se mostrou real, pois quanto mais os governos tentaram bloquear o acesso ao TikTok, mais a plataforma crescia principalmente nos EUA.


O forte da plataforma são os vídeos e, de todas as outras plataformas, é a menos complexa de ter um bom crescimento orgânico. Quer descobrir como? Já anota essas cinco dicas para te ajudar:


  1. Algoritmo é tudo: uma das coisas que faz o TikTok ser o gigante que ele é, é seu algoritmo de recomendação. A plataforma impulsiona organicamente conteúdos que estejam em alta - as famosas trends - e sabe direcionar o seu conteúdo para o público que mais provavelmente vai interagir com você. Isso não significa que seu perfil deve ser só de trends ou dancinhas, mas identifique um jeito de adaptar um conteúdo viral de um jeito que se adeque à mensagem que a sua empresa quer passar, mas seja rápido pois em dois dias a trend já passou.

  2. Hashtags estão aí pra serem usadas: essa dica se junta com a primeira, pois as hashtags são a melhor forma de tagear seu conteúdo. Além de te colocar mais em evidência nas buscas diretas, esse tipo de metadado facilita o TikTok a recomendar seu conteúdo para outros usuários que vejam vídeos similares.

  3. O áudio é seu aliado: no TikTok, diferentemente do Instagram, cerca de 80% dos usuários utilizam o aplicativo com o som ligado, por isso ele é uma parte fundamental do conteúdo na plataforma. Use os áudios da biblioteca, use os virais ou os seus próprios e deixe a criatividade fluir.

  4. Use e abuse da regra 1-3-10: de maneira simples, essa regra quer dizer que o primeiro segundo do seu vídeo deve manter o público interessado para ver 3 segundos, que devem manter o usuário engajado para ver por 10 segundos e, finalmente, esses 10 segundos devem ser suficientes para manter o público até o final do vídeo. Entender esses tempos importantes faz com que você roteirize melhor o seu conteúdo. No primeiro segundo, deixe clara qual é a premissa do vídeo; no segundo 3 coloque algum desafio a ser cumprido e no final apresente algum resultado.

  5. Fique de olho no TikTok Awards: mais do que só uma premiação, o TikTok Awards sempre conta com palestras, tendências e dicas sobre como utilizar a plataforma. Estar antenado com o que acontece na rede é uma forma de conseguir ter ideias novas e entender como trabalhar para obter resultados cada vez melhores.

Trabalhar bem o TikTok é crucial para conversar com o público mais jovem e é uma excelente plataforma para rejuvenescer a sua marca. Me diga se essas dicas te ajudaram a entender um pouco mais sobre essa rede!


Supervisionado pela Profª Paula Franceschelli.


Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page