top of page

O Método da Tomada de Decisão aplicada aos negócios periféricos do Projeto Decisão Empreendedora


A jornada de sustentabilidade deste mês destaca a importância da estruturação da tomada de decisão como metodologia para a consolidação e crescimento dos empreendimentos periféricos incubados, acelerados e acompanhados pela Aventura de Construir, no Projeto Decisão Empreendedora, financiado pelo Instituto SYN.

Confira.


O Projeto Decisão Empreendedora que teve início em fevereiro de 2023, teve como objetivo central o fortalecimento do processo de tomada de decisão dos empreendedores participantes.


A trilha foi percorrida iniciando com um ciclo básico com os temas iniciais de planejamento estratégico, controle financeiro e processo de tomada de decisão e, posteriormente, oito eixos temáticos foram aprofundados, perpassando temas de extrema importância como finanças, fluxo de caixa, precificação, planejamento, marketing, vendas e pós-vendas, logística e ESG.


No ciclo básico do projeto, a Análise SWOT proporcionou um mergulho no mapeamento dos seus empreendimentos, consolidando um raio X estratégico e fornecendo uma visão geral dos negócios que estabeleceu as bases para o percurso que se seguiria, com uma equipe extremamente especializada e competente.


Essa análise foi considerada um dos marcos fundamentais do projeto e não é à toa que os relatos sobre essa metodologia foram super potentes, sendo considerada um divisor de águas tanto dentro do curso, como na vida deles, atuando como um farol que lança luz sobre seus caminhos profissionais e pessoais e proporcionando uma base sólida para suas escolhas estratégicas.


Com o decorrer do projeto, a equipe teve contato com o livro “Rápido e Devagar: duas formas de pensar”, de Daniel Kahneman, obra que ganhou o Prêmio Nobel de Economia em 2002 e que passou a fazer parte do método utilizado, por ser uma literatura que inspira e sistematiza todos os passos para uma boa tomada de decisão, seja com objetivo de definir uma questão simples do cotidiano, até as decisões mais complexas e que terão consequência para diversas pessoas, ou até mesmo para o mundo, como no caso de chefes de estado.


Nesta obra, a equipe encontrou um campo fértil de análise e de inspiração que emergiram nas aulas, levando em consideração que o processo de tomada de decisão é uma habilidade fundamental para a prosperidade dos negócios, mas pode ser desafiador implementar como parte de um processo eficaz.


Equívocos comuns e diversos podem ser evitados com a coleta do máximo de informações e sua sistematização e análise constante, garantindo, desta forma, sua independência, um processo que Daniel Kahneman denomina “higiene de decisão”.


Foi assim que, a partir dessas assessorias, capacitações e todo o trajeto trilhado no projeto, os objetivos foram definidos e o conhecimento tornou-se mais sólido e prático.


Com as ferramentas estabelecidas, os dados sistematizados e analisados constantemente, caminhos e planos foram traçados e, com isso, decisões precisas foram tomadas a partir de uma lição clara: nunca deixe de praticar seu poder de decisão de forma ponderada e racional!


Toda essa importância do caminho trilhado exposto acima, fica evidente em suas experiências e nos relatos que seguem, que são indicadores qualitativos de extrema importância para todos nós!



Alexsandro Nascimento

É um empreendedor que tinha um mercadinho em um bairro de Santana do Parnaíba, mas na região onde atuava o público estava acostumado com o fiado, o que prejudicava muito seu desenvolvimento. Com isso, o empreendedor não conseguia crescer, muito menos fazer novas aquisições com o que ganhava.





Após a realização da análise FOFA e da participação ao longo do Projeto, resolveu tomar uma grande decisão: fechar seu mercadinho no local que estava e procurou outro bairro na mesma região. Analisou, sistematizou dados, mapeou clientes e fornecedores e resolveu mudar tudo. Mudou de casa, mudou a escola dos filhos e o ponto do mercadinho. Após dois meses da mudança já consegue perceber e sistematizar o quanto foi importante essa decisão racional e planejada, o que fica claro nos resultados orçamentários do seu negócio.



Claudia Botelho

É uma empreendedora que já tinha tido um negócio, mas infelizmente fechou por falta de planejamento. Com a análise FOFA e a realização de seu Planejamento Estratégico, tomou uma decisão importante: resolveu retomar seu negócio de petiscos baianos agora inovando com as entregas via delivery.

Com esse objetivo, alugou uma casa e a reformou, apostando novamente que seu sonho era possível. Agora com um bom planejamento, está estruturando todos os pontos do negócio e vai abrir novamente seu empreendimento no mês de novembro.





Shirlei Roberta Taquariano Nunes

É uma empreendedora que vende semi-jóias. Como ela mesma relata, sempre trabalhou como microempreendedora, mas não fazia nenhum tipo de acompanhamento financeiro e muitas vezes ficava com pena das revendedoras. Com isto elas iam demorando muito para pagar as mercadorias e muitas vezes algumas até “deram o cano”.




Através do Projeto, Shirlei começou a fazer o acompanhamento financeiro do seu negócio e tomou uma decisão importante: encerrou o repasse com algumas revendedoras, assim como incluiu outras mais profissionais e responsáveis que já possuíam negócios mais consolidados, como salão de beleza, mercearias e outros pequenos negócios. O resultado é nítido, agora ela consegue perceber o quanto essas estratégias e decisões tomadas de forma racional possibilitaram uma mudança extrema em seus ganhos.


Rennan Gonçalves

É um empreendedor de Taipa, Zona Oeste de São Paulo, que possui um negócio de jogos que leva conhecimento, empoderamento e representatividade para jovens, negros e periféricos nos mais diversos cantos da cidade de São Paulo.





Para ele, “Tomar decisões conscientes no âmbito das parcerias envolve uma avaliação profunda e abrangente. Não se trata apenas de números; vai além, considerando a sintonia com a cultura da empresa e os objetivos de longo prazo. Cada parceria é cuidadosamente ponderada para assegurar um alinhamento completo em todas as áreas, promovendo uma colaboração que vai além do aspecto financeiro.


A comunicação desempenha um papel crucial nesse processo. Valorizamos uma comunicação aberta e transparente, estabelecendo canais claros para interações com nossos parceiros. Essa abordagem não apenas previne mal-entendidos, mas também constrói relacionamentos fundamentados na confiança mútua e compreensão mútua. É a base sólida sobre a qual todas as nossas decisões colaborativas são construídas”.


A experiência e resultados obtidos com o projeto Decisão Empreendedora, e o método estruturado de tomada de decisão, foram tão gratificantes e potentes que a AdC entendeu a possibilidade de levar toda essa experiência e metodologia para aplicar em outros projetos que realizamos!


Portanto, fica mais uma vez evidente para todos nós: é incrível como uma decisão bem pensada pode mudar tudo para melhor!



Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page