top of page

Germinando Histórias

O Blog AdC desta semana traz a Jornada de Sustentabilidade de Abril que conta a experiência da Ana Vieira e Claudiane Nunes, participantes do projeto “Vi a mão Germinando na Periferia de São Paulo”. As duas conseguiram superar os dificuldades financeiras do negócio e intensificar a divulgação dos seus produtos.

Confira abaixo!

A Jornada de Sustentabilidade do mês de abril apresenta 2 cases do projeto “Vi a Mão Germinando na Periferia de São Paulo”. 

As atividades desenvolvidas nesse projeto, iniciaram em janeiro de 2023 e se estendem até meados de abril. Esta é uma versão “pocket” da experiência do projeto “Vi a Mão Empoderada de Mulheres Empreendedoras”, que ocorreu no ano de 2022 na cidade de Viamão no Rio Grande do Sul e teve a duração de 8 meses. Para saber mais sobre este processo, basta clicar aqui.

A experiência foi tão gratificante, que entendemos a necessidade de levar as práticas aplicadas e identificadas como sucesso no crescimento dos negócios para outras empreendedoras, agora da periferia de São Paulo.

Ao todo são 41 empreendedoras participantes das 3 etapas que são:

  1. Educação Financeira

  2. Marketing Digital e E-commerce

  3. Redes e Parcerias na prática

Vamos compartilhar um pouco do processo de construção desta jornada a partir dos cases de 2 empreendedoras que levaram para prática os conhecimentos destas etapas.

A jornada de Ana Vieira

Ana é uma empreendedora muito preocupada com a sustentabilidade do seu negócio e com o futuro do meio ambiente. Artesã, viu nas suas produções, a oportunidade de reutilizar diversos materiais que por hora seriam até erroneamente descartados.

Proprietária da Idealizar e Criar, vem com pequenos passos enxergando as possibilidades de crescimento do seu negócio.

A intenção de Ana quando iniciou o projeto com a AdC, foi organizar a parte financeira do seu negócio. Em uma das primeiras assessorias sobre a parte de finanças, Ana compartilhou que tinha consciência que fazia algo equivocado: como está aposentada, ela acabava investindo o dinheiro da aposentadoria no próprio negócio, uma vez que ele não se sustentava sozinho e não lhe dava lucro.

A divulgação de seu negócio também era um ponto de atenção para Ana: ela desejava que sua marca fosse reconhecida, mas não conseguia organizar um plano de ação para alcançar este objetivo.

A empreendedora apresentava muita coragem e honestidade em descrever a sua situação atual, pontos de melhora e suas forças. O empenho de Ana permitiu com que ela se lançasse de forma profunda nas próximas assessorias e capacitações.

Neste ponto, este case mostra a importância de se conscientizar sobre a própria situação. Afinal, é só encarando a realidade que é possível analisá-la e definir os próximos passos.

Ana conseguiu começar a identificar uma forma de controle do financeiro do seu negócio. A prática de registrar as receitas e despesas, está sendo fundamental para conseguir enxergar o seu lucro e pensar em iniciar a separação de valores para investir esse dinheiro.

Um dos principais objetivos desenvolvidos no projeto, foi trazer essas empreendedoras para a prática dos conteúdos aplicados. Ana através de fotos belíssimas dos seus produtos e da realização do pitch de apresentação do seu negócio, nos demonstrou todo o aproveitamento do que estava absorvendo das capacitações e assessorias.


Acima, Ana participou de uma assessoria individual com a voluntária Laila Covolan à esquerda e a coordenadora do projeto Lilian Zimmermann, à direita.

Sobre as surpresas através de mudanças realizadas

Essa parte, com certeza empolgou Ana para se aventurar mais nas redes sociais e ainda lhe trouxe um plus através do exercício de identificação de parcerias no grupo do projeto. Várias empreendedoras identificaram o negócio de Ana como promissor para agregar aos seus negócios e ela também viu novas oportunidades de crescimento e divulgação no grupo.

Abaixo, compartilhamos 3 fotos dos produtos de Ana, para conferir mais, basta acessar o instagram dela @idealizarecriar.art




Claudiane Nunes

Claudiane é uma empreendedora que se preocupa em ter uma identidade visual forte dos seus produtos, fazendo assim que as pessoas reconheçam o seu trabalho.

Confecciona bolsas, carteiras e acessórios com tema afro. Mistura a diversidade de estampas e cores com a atenção na produção de itens bem acabados, com alta durabilidade e bonitos.

Proprietária da Claudiane Costura Criativa, quer entregar além de produtos que saciem a necessidade do cliente, algo que o diferencie, que faça a pessoa se destacar num passeio casual a um evento mais social.

O vínculo com a AdC

A busca de Claudiane dentro do projeto, era organizar seu controle financeiro como o primeiro case de Ana, mas também planejar as etapas do seu negócio e fazer parcerias.

Os conteúdos apresentados foram muito importantes para ela identificar que o registro financeiro correto e sistematizado, facilita as práticas que vão da precificação do produto ao investimento para crescimento do negócio.

Claudiane fez a prática, anotou os valores gastos para comprar os materiais para confecção do seu produto, entendeu e anotou os custos fixos que normalmente não se “enxerga” como despesa quando o negócio é praticado em casa (despesa de luz, internet por ex) e corrigiu o preço dos produtos.

Essa nova estruturação do controle financeiro fez com que pudesse ver mais assertivamente o lucro e pensar em investimentos de novas embalagens e tags para informação de limpeza e conservação das peças.


Acima, Claudiane participou de uma assessoria individual com a coordenadora do projeto, Lilian Zimmermann, à direita.

Sobre as surpresas através de mudanças realizadas

A etapa de redes e parcerias na prática, com certeza trouxe muita inspiração para Claudiane. Dona de uma criatividade muito aguçada para compor suas peças, ela busca novos horizontes onde possa estar com sua marca e ter mais visibilidade.

Assim, além de parcerias para favorecer a sustentabilidade do seu negócio, começou a praticar a doação de sobras de tecidos para outras empreendedoras que confeccionam brincos: ela viu dentro do grupo do projeto outros negócios que “conversam” com sua identidade visual.

Nos deparamos com o novo plano de Claudiane que quer se aperfeiçoar através de um curso específico de costura que lhe permita desenvolver no seu negócio todo plano de projeto de uma peça desde o desenho da peça até a confecção final.




Para conferir outras belas invenções desta empreendedora, confiram o instagram dela: @claudianecosturacriativa.

Commentaires

Les commentaires n'ont pas pu être chargés.
Il semble qu'un problème technique est survenu. Veuillez essayer de vous reconnecter ou d'actualiser la page.
bottom of page